O EVENTO

SAIBA MAIS

CRISTINA HAYNE
Presidente da ABRAJET - PA

É com grande satisfação que recebemos os participantes do I Encontro Brasil Amazônia de Jornalismo e Turismo – ENCOMTUR promovido pela A Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Estado do Pará /Abrajet-Pará e tem como objetivo promover atividades, eventos e o intercâmbio de experiência para engrandecer, divulgar incentivar o turismo dentro e fora do estado. 

A realização do evento em Belém também é importante por dois motivos dentre eles: 1) Divulgar e incentivar o turismo do Pará, dentro e fora dele, de forma a buscar aprimoramento da atividade turística. 2) Promover atividades e eventos que engrandeçam e divulguem o turismo no Estado.  3) Promover o intercâmbio de experiências e informações.

Acreditamos, portanto, que a oportunidade proporcionada pelo ENCOMTUR em reunir vários profissionais da área pode contribuir para  promover o desenvolvimento do turismo na Amazônia e inspirar jovens talentos a contribuir para o alcance desse objetivo.

programação

Em breve

palestrantes

PALESTRANTE

PALESTRANTE

PALESTRANTE

PALESTRANTE

PALESTRANTE

PALESTRANTE

inscrição

CATEGORIAS
SÓCIOS ABRAJET
PROFISSIONAIS NÃO SÓCIOS
GRADUANDOS E PÓS- GRADUANDOS
SERVIDORES PÚBLICOS
ATÉ 31/09
R$ 150,00
R$ 200,00
R$ 120,00
R$ 250,00
ATÉ 31/10
R$ 170,00
R$ 220,00
R$ 140,00
R$ 270,00
ATÉ O EVENTO
R$ 190,00
R$ 240,00
R$ 160,00
R$ 290,00

As inscrições serão efetuadas SOMENTE via internet, no site do evento, até a data de 25 de novembro de 2019. Após esta data as inscrições somente poderão ser efetuadas na secretaria de credenciamento, no local do evento. O participante receberá e-mails de confirmação de dados e pagamento;

Os participantes inscritos na categoria ESTUDANTE deverão OBRIGATORIAMENTE enviar cópias dos seguintes documentos por e-mail (atendimento@pautaeventos.com.br), até 24 horas após a inscrição: carteirinha de matrícula do ano vigente (frente e verso) ou declaração de matrícula em papel timbrado da Instituição ou ainda boleto quitado da mensalidade vigente.

A Taxa de Inscrição dará direito a: participação nas atividades científicas e  material do Encontro e certificado de participação.

A Secretaria do Evento estará à disposição a partir das 14h00 do dia 12 de dezembro de 2019 no Boulevard de Exposições do Centro de Eventos da Estação das Docas para a retirada do material dos participantes Pré-inscritos e recebimento de novas inscrições.

Em caso de dúvida, favor entrar em contato com a secretaria do Evento através do telefone (91) 3246.0734 / 3246.7603 ou e-mail: atendimento@pautaeventos.com.br

expositores e patrocinadores

O perfil deste evento é de imersão total dos participantes, privilegiando a atualização científica, a troca de experiências e a promoção de inovações para a especialidade, sendo um evento imperdível para as organizações que desejam interagir com os profissionais e formadores de opinião deste setor de comunicação e profissionais especializados do segmento turístico. Será a oportunidade em fortalecer a marca junto ao  público presente, disponibilizando informações completas e inovações que possam fortalecer a sua marca. Conheça nosso projeto de participação com todas as opções de visibilidade para a sua Empresa no I Encontro Brasil – Amazônia de Comunicação e Turismo e V Prêmio de Jornalismo em Turismo Comendador Marques dos Reis.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO E SOLICITE O PROJETO COMERCIAL:
Bruna Andrade
Pauta.com
(91) 3246.7603 / 3246.0734
(91) 98193.5495

Planta área
expositiva

Clima

A chuva é uma rotina por aqui, mas, ao mesmo tempo, o sol vai continuar “torando”! Então use roupas leves para quando estiver na rua, sem esquecer que ambientes internos são todos bastante refrigerados, então um agasalho na bolsa vem a calhar! Temos nossos dias de neblina também de 23°C. Para nós é o verdadeiro “inverno amazônico”, mas em setembro será difícil experimentar essa estação.

O clima equatorial definitivamente pega pesado, então, protetor solar e um guarda-chuva são itens básicos. Dependendo do rolê que você quiser fazer, como o Museu Emílio Goeldi, o Bosque Rodrigues Alves ou o Parque Estadual do Utinga, é bom ter um repelente em mãos, mas não se preocupe, o que não falta aqui são farmácias onde você pode adquirir esses itens.

Gastronomia

Belém ainda oferece uma gama de sabores e sensações. A gastronomia, com influências indígenas, africanas e europeias, traz gostos que você não pode deixar de conhecer, com pratos preparados com raízes e folhas da terra, peixes dos nossos rios, temperos e frutas em abundância. O açaí, tão conhecido nacionalmente, aqui tem um jeito próprio de ser consumido e, com certeza, você vai ter que provar. O jambu e o tucupi são outros sabores imperdíveis. Saiba mais na página “Aqui se come bem”.

Cultura

Quando passar por uma esquina, você pode “tropeçar” no ritmo do tecnobrega saindo de alguma boca de ferro ou de um bikesom, ir a um baile da saudade para ouvir as marcantesou “ir bater lá em” em Icoaraci para uma roda de Carimbó no Coisas de Negro. Temos ainda o “treme”, o calipso, a guitarrada, o lundu, o siriá, entre outros ritmos, que esperamos que você tenha oportunidade de ouvir e dançar.

Nossa maior manifestação religiosa é cristã, mas bastante sincrética, o Círio de Nazaré. Além dessa que é a maior procissão de rua do mundo, somos abençoados com uma pluralidade de expressões religiosas: temos um grande legado de religiões de matriz africana e ainda fomos a primeira comunidade judaica da Amazônia e do Brasil República. Temos ainda forte representação espíritamessiânica, e Neo Pentecostal, entre muitas outras.

Na literatura, você pode conhecer a história do boto que valseia porta à fora com a dona da festa no “Baile do Judeu”, de Inglês de Souza; o conto do professor nervoso e preocupado com o calor, porque talvez vá encontrar Clarice Lispector no Hotel Central, como imaginado por Maria Lúcia Medeiros; viaja do Marajó até Belém pela saga do “Extremo norte” de Dalcídio Jurandir; e se deslumbra com a poesia moderna de Max Martins.

Em nossas narrativas míticas, você vai aprender sobre a moça do táxi, que desce no cemitério da Soledade, das assombrações, que aqui a gente chama de visagens, e também vai saber sobre os encantados que “moram” nos rios e vieram para Belém. Vai ouvir falar da Iara, da Matinta e da Vitória-Régia e tantas outras histórias e crenças, como o intrigante culto às almas.

 

Será uma oportunidade ímpar para você conhecer essa cidade rica em história e cultura, com mais de 400 anos e uma população de cerca de um milhão e 500 mil pessoas. Conheça um pouco mais sobre a cidade que oferece experiências únicas a seus visitantes. 

Um pouco de história

A capital paraense foi fundada em 12 de janeiro de 1616, no Norte do Brasil. A “cidade das Mangueiras”, como também é conhecida, destaca-se por sua pluralidade, que pode ser vista nas músicas, na culinária, na cultura, nos pontos turísticos e nas manifestações populares que proporcionam as mais diversas oportunidades e vivências.

Ao chegar a Belém, você vai perceber que a cidade reúne as características de uma metrópole com o encanto típico das cidades que ficam longe dos grandes centros. O fluxo de águas, pessoas, ruas e florestas nos transporta a pistas históricas de seus 403 anos, aliando o imaginário sobre a Amazônia e a realidade que só se pode conhecer ao ser experimentada.

Nessa “cidade morena”, há acervos culturais e arquitetônicos que comunicam a história do Pará e da região, além de narrarem as marcas da colonização europeia. Você pode passar pela arquitetura do século XVII no complexo Feliz Lusitânia, vendo exemplares de Art Nouveau únicos no país. Vai “ouvir” os ecos do modernismo no Norte com a arquitetura “Raio que o parta” e, claro, encontrar elementos contemporâneos, como a Estação das Docas.

ATENÇÃO
Estamos disponibilizando abaixo relação de hotéis econômicos na região metropolitana de Belém do Pará.. Ressaltamos que as consultas, solicitações de reservas e pagamentos devem ser feitos diretamente pelo congressista junto aos hotéis informados, não sendo responsabilidade da empresa organizadora, da comissão organizadora e da agencia de viagem oficial qualquer situação advinda de reservas junto aos mesmos.


Hostel Manga
Av. Ceará, 290, São Brás (esquina com Tv. Guerra Passos)
Belém – PA
CEP: 66090-460
Phone: +55 91 3347-2800
Email: reservas@mangahostelbelem.com.br

01. HOTEL DANÚBIO

Av. 1ª de Queluz, 63 – Canudos, atrás do Terminal Rodoviário de Belém. CEP 66090-520. Belém – Pará – Brasil

A 5Km do Hangar Centro de convenções, 20 min. de carro.

(91) 3246-9128/ 3228-2542 / 3228-2670 / 3228-2826

Email: atendimento@hoteldanubio-pa.com.br

Site: www.hoteldanubio-pa.com.br

– Hotel possui 153 apartamentos Completos; Ar Condicionado; TV a Cabo; Internet; Frigobar; Água quente; Banheiro.

02. ZOGHBI ALL SUÍTES APART HOTEL

Rua Ferreira Cantão, 100 . Centro, Belém, PA.

A 8 Km e 25 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções.

(91) 32303555 / Email: cazoghbi@uol.com.br / reservashotelzoghbi@gmail.com / carlos.zoghbi@gmail.com

– Hotel possui 55 suítes Completas: – Ar Condicionado;– TV a Cabo;– Telefone;– Internet;– Frigobar;– Banheiro;– Chuveiro Elétrico;

03. TRANSBRASIL HOTEL

Av. Cipriano Santos, 243, São Brás.

À 4.8Km e à 15 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções

Telefone: (91) 3228-2500 / 3228-2500. E-mail: reservas@hoteltransbrasil.com.br / financeiro@hoteltransbrasil.com.br / warlei@hoteltransbrasil.com.br

– Hotel possui 48 apartamentos Completos com – Ar Condicionado;– TV a Cabo;– Internet;– Telefone;– Frigobar;– Banheiro.

04. HOTEL IPÊ

Av. Governador José Malcher 2953.

À 4.3Km e à 11 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções

(91) 3204-4100. / Email: hotelipe@yahoo.com.br Site: www.hotelipe.com.br

– Hotel possui 69 apartamentos Completos: Ar Condicionado; TV ;  Telefone;  Internet; Frigobar; Chuveiro Elétrico; Banheiro

05. AMAZÔNIA HOSTEL

Avenida Governador José Malcher, 592.

À 5.5Km e à 25min. de carro até o Hangar Centro de Convenções

Entre Quintino Bocaiuva e Rui Barbosa (Casarão Verde), Nazaré – Belém/PA

Fone: (91) 4008-4800 / 4141-8833 /(91) 98195-8571 / (91) 98195-8508

E-mail:contato@amazoniahostel.com.br/reservas@amazoniahostel.com.br / crocodiloalberguesadrry@hotmail.com

Site: www.amazoniahostel.com.br

06. HOTEL VILA RICA

Av. Júlio César, 1777 – Val-de-Cans Belém, PA.

À 4.8 Km e 8 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções.
Fone: (91) (91) 3210-2000 / (91) 3210-2000
reservasbel@hotelvilarica.com.br

-Entretenimento – TV LCD com Controle Remoto, TV a Cabo,

Banheiro – Amenidades; Secador de Cabelos;

-Jantar – Serviço de Quarto; Frigobar

-Característica dos Quartos – Quartos Não-Fumantes

-Amenidades dos Quartos e Serviços – Quartos com Ar Condicionado; Serviço de Despertador; Sala de Estar e Sofá-Cama.

-Acesso à Internet Sem Fio em todos os quartos mediante o pagamento de R$ 12,00(+taxas) por dia

-Estacionamento gratuito

-Café da manhã incluso na diária servido no restaurante;

07. HOTEL IBIS AEROPORTO

AV JULIO CESAR 1675
VAL DE CANS -BELÉM, PARÁ.

À 4.8 Km e 8 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções

TEL :(+55)91 33445650 / (+55) 91 3344-5699 . 

INFORMAÇÕES GERAIS: H5631-RE@ACCOR.COM.BR

-Ar condicionado; Internet sem fio no quarto; Serviço de despertador por operador; Telefone 2; Minibar.

08. HOTEL GRÃO PARÁ          

Endereço: Av. Presidente Vargas, 718. Belém – Pará – Brasil.

À 8 Km e 30 min. de carro do Hangar Centro de Convenções.

Fone: +55 91 3321-2121 / +55 91 3242-8073

E-mail:reservas@hotelgraopara.com.br

HOTEL POSSUI:     TV a Cabo; Café da Manhã;  Internet – Wifi; Sala de Reuniões; Recepção 24 Horas; Pré – Reservas On-line

09. HOTEL HANGAR

Travessa Alferes Costa, 2716• Bairro Marco
Belém • Pará • Brasil .

À 1,5Km e à 2 min até o Hangar Centro de Convenções.

Contatos: +55 91 3355-7371 / 0800-645-6045  – Email: contato@hotelhangar.com.br

Cama Box, Chuveiro a Gás, Ar-condicionado (Quente e Frio); Internet Gratuita (60MB),  TV LCD (canais em HD). e ainda: TV a cabo, Frigobar, Telefone e Mesa de Trabalho

10. HOTEL MARAJOARA

Rua Joaquim Nabuco, 59. Bairro Nazaré, Belém –PA, Brasil.

À 7.2Km e 30 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções.

CONTATOS: (91) 3349-0222 / (91) 98016-3289-Tim / (91) 98097-6353-Tim / (91) 99904-4993-Oi 

reservas@hotelmarajoarabelem.com.br 

Os quartos do Hotel Marajoara dispõem de TV, ar-condicionado, frigobar e banheiros privativos com chuveiro, Wi-Fi gratuito e café da manhã de cortesia. Os extras incluem canais a cabo, ventilador e mesa de trabalho.

11. Holiday inn Express

Br 316, Km 01, S/n – Guanabara, Belém, 67013-000.

À 7Km do Hangar e 20 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções.

Fone da recepção: 55( 91) 3346-7800

Academia. Café da Manhã Incluso na Diária. Confortáveis Apartamentos de Casal – com camas de 1.80 m x 2 m e Apartamentos Duplos/Twins, com duas camas de solteiro com 1,40 m x 2 m. Internet FREE, em todo Hotel e Business Center, Ferro Elétrico e Mesa de passar, cofres e ar-cond., TV a Cabo, também Dispomos de mais de 100 vagas para Estacionamento, tres Salões de Eventos com capacidade total até 250 pessoas.

12. Hotel Machado’s Plaza

Rua Henrique Gurjão, 200 – Reduto, Belém – PA, 66053-360.

À 6.7Km e à 25 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções.

Telefone:(91) 3347-9800 / (91)3351-9801 / (91) 3352-9802

machadosplazahotel@yaoo.com.br

Recepção 24 horas, Internet, Elevador ,TV à Cabo, Frigobar, Room Service, Sala de Bagagens, Piscina ao ar livre, Telefone, Ar-condicionado, Lavanderia, Quartos para não-fumantes, Cama Box, Business Center.

13. HOTEL MUIRAQUITÃ

GENERALÍSSIMO DEODORO 572, UMARIZAL.

À 5Km e 15 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções.

Fone: (91) 3222-1274

Possui acesso à internet gratuito via Wi-Fi e business center. Os quartos do hotel têm ar-condicionado, TV e telefone. Possuem também frigobar. Entre as comodidades, o hotel Muiraquitã oferece computador com acesso à internet e sala de estar com TV. O café da manhã é servido todos os dias na área de refeições. O buffet conta com variedade de frutas e sucos regionais.

14. BELÉM HOSTEL

RUA Ó DE ALMEIDA, n°624, entre Av. Assis de Vasconcelos e Frei Gil.

À 8,7Km e 25 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções.

Tel (whatsapp): (91)982132800 / Site: www.belemhostel.com.br / e-mail:belemhostel@gmail.comO Belém Hostel é uma hospedagem localizada em pleno centro histórico de Belém, próximo a Avenida Presidente Vargas, com fácil acesso a maioria dos pontos turísticos da cidade. Do hostel, é fácil chegar caminhando a lugares importantes como o Mercado do ver-o-peso, a Estação das Docas e o Teatro da Paz.O hostel dispõe de quartos coletivos e privativos. Todos com tomadas individuais, armários exclusivos e ar-condicionado. O café da manhã está incluído na estadia e o Wi-Fi é liberado em toda a propriedade.15. GALERIA HOSTEL BELÉM

Rua Jerônimo Pimentel, 61, Umarizal, Belém – PA  66055000

À 7,5Km e 25 min. de carro até o Hangar Centro de Convenções.

Tel: 55 (91) 30383272 / Site: www.galeriahostelbelem.com/ e-mail:ogaleriahostel@gmail.com

– Possuímos áreas de convivência entre os hóspedes;
– Oferecemos café da manha (Café, leite, suco, chás, bolo, pão, frios – queijo e presunto – e frutas);
– Wifi disponível em todo o Hostel;
– Temos cozinha compartilhada para uso dos hóspedes de 10:00 às 22:00;
– Água filtrada para hóspedes e um pequeno bar onde é possível comprar: água, refrigerante, sucos e cervejas.

16. GRAND HOSTEL BELÉM


Av. Presidente Vargas, 646
Belém
Fone:(91) 98146-6580 
SITE: grandhostelbelem.com

A culinária de Belém é um dos pontos fortes da cidade. Há quem diga que quem “chegou ao Pará, parou, tomou açaí, ficou”! Entre os pratos típicos mais conhecidos, além do açaí, estão o tacacá, a maniçoba, o pato no tucupi, o filhote, a farinha de tapioca, entre muitos outros.

Nossas frutas também não deixam nada a desejar: cupuaçu, muruci, taperebá, bacuri, além de poderem ser consumidas in natura, também são ingredientes para sucos e sorvetes deliciosos! Há ainda bebidas regionais como a cachaça de jambu e cervejas artesanais.

Na cidade, você poderá encontrar opções de restaurantes regionais, clássicos, populares, lanchonetes, hamburguerias, bares, mercados… enfim, não faltará opções para se comer bem, com diferentes custos. Confira abaixo o nosso guia, com dicas para o tour gastronômico pela cidade!

Cozinha regional

Família Caranguejo
Se tiver com vontade de conhecer o chamado “toc toc” ou provar uma bela sopa de caranguejo, vá ao restaurante Família Caranguejo que a experiência gastronômica é incrível e muito família! O espaço tem cardápio de pratos fit e opções para os não adeptos a mariscos. Saladinhas, fettuccine e filés à moda do chefe te aguardam também. Se estiver com crianças, tem até uma brinquedoteca para a garotada. Estacionamento próprio.
Funcionamento de terça a quinta, das 18h às 23h, sexta e sábado, das 11h às 23h, e domingos e feriados, das 11h às 17h.
Endereço: Travessa Piedade, 426 – Reduto.
Contato: (91) 3351-3483.
Faixa de preço mediana.

Manjar das Garças
É um refinado restaurante situado no Mangal das Garças, ponto turístico de Belém. Serve vários pratos tradicionais da culinária paraense, com toque da alta gastronomia. Uma ótima opção para finalizar o passeio no Mangal, saboreando um delicioso pato no tucupi com risoto de jambu.
Funciona de terça a domingo, das 12h às 16h e das 20h à meia-noite.
Endereço: Rua Carneiro da Rocha, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 3242-1056.
Faixa de preço alta.

Point do Açaí
Culinária típica da cultura paraense, com destaque para o tradicional açaí e peixes regionais. No restaurante, possível acompanhar uma demonstração de como o açaí é “batido” para chegar às nossas mesas. Há duas unidades:

Point Boulevard
Funcionamento domingo e segunda, das 11h às 16h,e de terça a sábado, das 11h às 22h30.
Endereço: Avenida Boulevard Castilhos França, 744, esquina com a Av. Presidente Vargas – Campina.
Contato: (91) 3212-2168.
Faixa de preço mediana.

Point Veiga
Funcionamento de segunda a domingo, das 11h às 16h.
Endereço: Rua Veiga Cabral, 450, esquina com a Trav. Bom Jardim – Cidade Velha.
Contato: (91) 3225-4647 | 3230-3162.
Faixa de preço mediana.

Remanso do Bosque
É o famoso restaurante de cozinha contemporânea paraense, do reconhecido chef Tiago Castanho. Prove o famoso filhote na brasa ou as ostras de São Caetano de Odivelas, servidas somente às sextas.
Funcionamento de terça a quinta, das 11h30 às 15h e das 19h às 22h30; sexta e sábado, das 11h30 às 15h30 e das 19h às 23h30; e domingo, das 11h30 às 15h30.
Endereço: Avenida Rômulo Maiorana, 2350 – Marco.
Contato: (91) 3347-2829.
Faixa de preço alta.

Remanso do Peixe
Localizado em uma vila, na antiga Casa da Família Castanho, o Remanso do Peixe é um convite para conhecer uma casa paraense que respira culinária regional. Ah, é preciso ir prevenido financeiramente porque as opções do cardápio não são tão em conta, mas os pratos principais alimentam duas pessoas muito bem.
Funcionamento de terça a domingo, das 11h30 às 15h30; e de terça a sábado, das 19h às 22h30.
Endereço: Travessa Barão do Triunfo, 2590, Casa 64, entre Avenida Duque de Caxias e Av. Visconde de Inhaúma – Marco.
Contato: (91) 3228-2477.
Faixa de preço alta.

Santa Chicória
É um restaurante de comida contemporânea paraense. O lugar é para quem é admirador da alta gastronomia e está podendo gastar.
Funciona diariamente, das 12h às 15h e das 19h às 23h30.
Endereço: Avenida Senador Lemos, 565 – Umarizal.
Contato: (91) 3347-9899.
Faixa de preço alta.

Tacacá do Renato
É com certeza um dos melhores lugares para provar o tacacá, prato famoso da culinária paraense, feito com camarão, tucupi, jambu e goma de mandioca, mas também serve um delicioso vatapá e caruru.
Funciona diariamente, das 16h às 22h.
Endereço:Avenida Serzedelo Corrêa, 401 – Nazaré.
Contato:(91) 3351-2462.
Faixa de preço acessível.

Tomaz Culinária do Pará
Restaurante onde você pode encontrar pratos típicos paraenses, usando ingredientes da região para agradar a paladares de todo o Brasil. Há duas unidades:

Loja 1
Funciona diariamente, das 11h30 às 22h.
Endereço: – Avenida Visconde de Souza Franco, 996 – Reduto.

Loja 2
Funciona diariamente, das 11h30 às 22h.
Endereço: Avenida Rômulo Maiorana, 959 – Marco.
Contato: (91) 3353-9083.
Faixa de preço acessível.

Restaurantes tradicionais

Armazém Belém
Está presente nos shoppings Boulevard e Bosque Grão-Pará, com um cardápio excelente e variado, aberto até a hora de fechamento dos shoppings.
Contato: (91) 3345-3495.
Faixa de preço mediana.

Casa Mia
Localizado em um casarão antigo, opção com bom custo x benefício. Os pratos são individuais, porém bem servidos.
Funcionamento de domingo a quinta, das 11h30 às 22h, e sexta e sábado, das 11h30 à meia-noite.
Endereço: Travessa Quintino Bocaiúva, 696 – Reduto.
Contato:(91) 99159-9728.
Faixa de preço mediana.

Confraria Dom
Ambiente agradável com comida gostosa, bom atendimento e preço acessível. Todos os dias o almoço é servido em regime de self-service e funciona da seguinte maneira: você pode se servir a vontade no buffet, pagando somente o preço da proteína que é pedida a la carte. À noite, o restaurante, que é também um bar, oferece hambúrguer e pizza no cardápio e música ao vivo para os clientes.
Funciona todos os dias a partir das 10h.
Endereço: Travessa 3 de maio, 1736, bairro de São Brás.
Contato: 32496247 | 991837501 | 992060108
Faixa de preço: acessível.

Famiglia Sicilia
O melhor lugar para se comemorar um aniversário em Belém, os próprios garçons trarão a alegria para a comemoração, junto com o excelente jantar.
Funcionamento de segunda a sábado, das 18h às 23h, e aos domingos, das 12h às 14h.
Endereço: Avenida Conselheiro Furtado, 1420 – Nazaré.
Contato: (91) 4008-0001.
Faixa de preço alta.

Grand Cru Belém
É uma excelente pedida aos amantes de vinho, mas também para quem quer conhecer mais sobre o assunto. Sempre tem um sommelier para ajudar a harmonizar o jantar com a bebida.
Funcionamento de segunda a sábado, das 9h às 23h.
Endereço: Avenida Brás de Aguiar, 50 – Nazaré.
Contato: (91) 3212-7002.
Faixa de preço alta.

Privilége Restô
Serve comida contemporânea, tem adega de vinhos e bar de coquetéis, em um espaço sofisticado na área nobre da cidade.
Funciona de domingo a quinta, das 11h30 às 15h30, sexta e sábado, das 11h30 às 15h30 e das 19h à 0h30.
Endereço: Avenida Serzedelo Corrêa, 681 – Batista Campos.
Contato: (91) 3224-7222.
Faixa de preço alta.

Recanto Paraibano
Comida nordestina de qualidade no seio de Belém, o Recanto Paraibano oferece pratos a la carte e self-service num ambiente agradável, tranquilo ambientado com temas do sertão e cangaço.
Funciona todos os dias a partir das 11h. 
Endereço: Avenida João Paulo II, 467, bairro do Marco.
Contato: 32464769
Faixa de preço: mediana.

Roxy Bar
É um dos restaurantes mais conhecidos da cidade, seus pratos têm nomes de celebridades e a decoração segue o mesmo tema. Atualmente eles têm uma segunda unidade no shopping Bosque Grão-Pará (em bairro mais afastado do centro da cidade).
Funciona diariamente, das 19h15 às 23h30.
Endereço: Avenida Senador Lemos, 231 – Umarizal.
Contato: (91) 3224-4514.
Faixa de preço mediana.

The Premium Steaks
É para quem gosta de carne e cerveja em um espaço elegante.
Funciona diariamente, das 9h à meia-noite.
Endereço: Avenida Brás de Aguiar, 279 – Batista Campos.
Contato: (91) 98405-2880.
Faixa de preço alta.
Xícara da Silva
É um dos restaurantes mais charmosos de Belém, com um dos melhores cardápios. Os preços não são tão convidativos como a atmosfera do lugar, mas vale a pena experimentar as deliciosas pizzas de massa fininha. O restaurante também serve pratos com ingredientes locais e releituras de receitas tradicionais paraenses.
Funciona diariamente, das 18h à meia-noite.
Endereço: Avenida Visconde de Souza Franco, 978A – Reduto.
Contato: (91) 3241-0167.
Faixa de preço alta.

Sushis

K Sushi
É elegante e moderno, combinando com a cozinha sofisticada e elaborada.
Funcionamento de terça a quarta, das 19h às 23h30, quinta, das 12h às 15h30 e das 19h à meia-noite, sexta e sábado, das 12h às 15h30 e das 19h às 23h30, e domingo, das 12h às 15h30 e das 19h às 23h30.
Endereço: Rua Domingos Marreiros, 218 – Umarizal.
Contato: (91) 3199-8116.
Faixa de preço alta.

Kaori
Oferece sushis tradicionais e contemporâneos, apenas a la carte. O ambiente tem uma charmosa decoração oriental e fica próximo à Praça Batista Campos, uma das praças mais bonitas da cidade.
Funcionamento de segunda a sábado, das 12h às 14h30 e das 19h às 22h30.
Endereço: Avenida Serzedelo Corrêa, 880 – Nazaré.
Contato: (91) 3241-3444.
Faixa de preço mediana.

Katana
É um lugar para comer sushi ou temaki acompanhado de uma cerveja geladinha e uma roda de amigos.
Funciona diariamente, das 18h à meia-noite.
Endereço: Rua dos Pariquis, 1712 – Batista Campos.
Contato:(91) 2122-9109.
Faixa de preço mediana.

Sansei
É uma temakeria com ambiente moderno e bebidinhas interessantes para acompanhar os pedidos.
Funciona diariamente, das 18h à 0h30.
Endereço: Rua Domingos Marreiros, 455 – Umarizal.
Contato: (91) 3212-6063.
Faixa de preço mediana.

Sushi Boulevard
É a cadeia de sushi bar mais popular da cidade, com pontos em vários bairros, cardápio a la carte e rodízio.
Funciona diariamente, das 18h às 23h.
Consulte o site para encontrar o mais próximo.
Contato: (91) 99114-4848 (Unidade Pariquis) | (91) 2121-4463 (Unidade Senador Lemos) | (91) 99148-3854 (Unidade Duque).
Faixa de preço acessível.

Sushi Donshen
Tem a proposta de um rodízio em esteira, onde o próprio cliente se serve, além do a la carte.
Funciona diariamente, das 13h às 16h e das 18h às 23h.
Endereço: Rua Bernal do Couto, 36 – Umarizal.
Contato: (91) 3355-7701.
Faixa de preço mediana.

Sushi Ruy Barbosa
O mais badalado da cidade, mistura o sushi clássico com ingredientes e peixes regionais.
Funcionamento de segunda a quarta, das 18h à meia-noite, quinta e domingo, das 12h à meia-noite, e sexta e sábado, das 12h às 2h.
Endereço: Travessa Rui Barbosa, 1816 – Nazaré.
Contato: (91) 98249-8434 | (91) 3355-2255.
Faixa de preço alta.

Hamburguerias

Porpino Burger
É atualmente a hamburgueria mais conhecida da cidade, com um clima descontraído e diferenciado. Os sanduíches são muito bem servidos, com destaque para a batata canoa, que é deliciosa, os milk-shakes e os sucos (sugestão: Bloody Lemonade) que são especiais.
Funcionamento de segunda a quinta, das 17h à meia-noite, e de sexta a domingo, das 17h às 2h.
Endereços: Rua Cônego Jerônimo Pimentel, 242 – Umarizal, Shopping Boulevard e Parque Shopping.
Contato: (91) 3202-5900.
Faixa de preço alta.

The Burger Spot
É um lugar com ambiente aconchegante e descontraído. Os hambúrgueres são deliciosos! Destacamos também a batata crinkle (ondulada) servida com cheddar e bacon… é uma maravilha à parte! Lá abre tanto na hora do almoço quanto no jantar. Sempre há promoções que você pode acompanhar pelas redes sociais deles.
Funcionamento de segunda a sexta, das 12h às 15h, segunda a quinta-feira, das 18h às 23h e de sexta a domingo, das 18h à meia-noite.
Endereço: Travessa Quintino Bocaiúva, 1696 – Nazaré.
Contato: (91) 99148-6862.
Faixa de preço mediana.

Uata?!
É uma hamburgueria estilo BBB (bom, bonito e barato). Quem adora uns combos super em conta aqui é o seu lugar no mundo!
Funcionamento de domingo a quinta, das 18h à meia-noite,  sexta e sábado, das 18h à 1h.
Endereço: Antônio Barreto, 287 – Umarizal, próximo à Doca ou Avenida Três Corações, 5 – Coqueiro (Ananindeua). 
Contato: (91) 98971-6417.
Faixa de preço acessível.

Comida vegetariana

Govinda
É uma excelente opção vegetariana na cidade, bicampeão do “Melhor PF do Brasil”. Atendem apenas no almoço e lá também podem ser comprados cookies, doces e outros artigos vegetarianos/veganos.
Funcionamento de segunda a sábado, das 11h30 às 15h.
Endereço: Travessa Padre Prudêncio, 166 – Cidade Velha.
Contato: (91) 3222-2272.
Faixa de preço acessível.

Grão Culinária Saudável
É excelente para quem gosta de comida saudável com requinte, em um espaço aconchegante e bonito.
Funcionamento de segunda a sábado, das 11h30 às 15h30 e das 17h às 22h15, domingo, das 11h30 às 16h.
Endereço: Travessa Dom Pedro I, 546 – Umarizal.
Contato: (91) 3222-6056.
Faixa de preço mediana.

Mango
É uma ótima opção de comida saudável e acessível em Belém, num espaço com decoração alegre e convidativa.
Funcionamento de segunda a sábado, das 11h30 às 16h e das 18h às 22h, e domingo, das 11h30 às 16h.
Endereço: Avenida Brás de Aguiar, 593 – Nazaré.
Contato: (91) 3199-2731.
Faixa de preço mediana.

Santa Orgânica
É especializado em comida saudável e funcional num espaço acolhedor. O restaurante tem ótimas opções de comida sem glúten, além de pratos veganos e vegetarianos. Os ingredientes são na sua maioria orgânicos, inclusive as cervejas e os vinhos da casa.
Funcionamento de terça a domingo, das 12h às 15h, e das 19h às 23h.
Endereço: Avenida Gentil Bittencourt, 1575 – Batista Campos.
Contato: (91) 2121-6222.
Faixa de preço mediana.

Cozinha internacional

Empório Kosher
É uma opção para quem aprecia a culinária judaica. Nos dias da semana, também servem pratos executivos.
Funcionamento de segunda a quinta, das 9h às 22h, sexta, das 9h às 16h, e domingo, das 11h às 15h e das 18h às 22h.
Endereço: Avenida Serzedelo Corrêa, 890 – Nazaré.
Contato: (91) 3223-9049.
Faixa de preço mediana.

La Traviata
É para quem gosta de comida italiana. O restaurante tem ótimas opções de pizzas e massas, uma boa carta de vinhos e ambiente acolhedor.
Funcionamento de terça a domingo, das 11h às 15h e das 19h à meia-noite.
Endereço: Avenida Visconde de Souza Franco, 1454 – Nazaré.
Contato: (91) 3241-3337.
Faixa de preço alta.

Sorveterias

Cairu
É a sorveteria mais tradicional da cidade. Reconhecida nacionalmente pela variedade e qualidade de seus produtos. É praticamente obrigatória para quem vem a Belém, está presente em todos os shoppings e em vários pontos espalhados pela cidade.
O funcionamento e localização delas estão no site, é só procurar a mais próxima.
Faixa de preço mediana.

Sorveteria Santa Clara
É um espaço novo e muito charmoso na cidade, com sorvetes artesanais elaborados e lanches.
Funciona diariamente, das 13h às 23h.
Endereço: Avenida Almirante Wandenkolk, 682 – Umarizal.
Contato: (96) 3222-0578.
Faixa de preço alta.

Cafés

Amazon Deli Coffee Shop
É um cafezinho encantador com várias opções de lanche para acompanhar.
Funcionamento de segunda a quinta, das 12h às 19h30, sexta e sábado, das 9h às 19h30, e domingo, das 8h às 12h.
Endereço: Avenida Brás de Aguiar, 400 – Nazaré.
Faixa de preço mediana.

Chez Nous
É um dos cafés mais charmosos da cidade, mas também bastante disputado.
Funcionamento de segunda a sábado, das 15h às 20h30.
Endereço: Rua Cônego Jerônimo Pimentel, 188 – Umarizal.
Contato:(91) 3038-0386.
Faixa de preço mediana.

Lanches populares

HABIB´S
Se quiser se deliciar com as tradicionais esfihas do Habib´s ou com seus sanduíches e pratos árabes, pode ir ao Habib´s ou pedir delivery. O ambiente é simples e agradável e recebe também grandes grupos. Fica pertinho da Basílica de Nazaré.
Funciona diariamente, das 11h à meia-noite.
Endereço: Praça Justo Chermont, 12 – Nazaré.
Contato: (91) 3281-3300.
Faixa de preço acessível.

Pug Pizza
Serve pizzas estilo Napoli, com recheios artesanais e borda generosa. O lugar é bem charmoso e aconchegante. Assim como as pizzas de Napoli, aqui elas são servidas individualmente.
Funcionamento de terça a domingo, das 18h à meia-noite.
Endereço: Avenida Brás de Aguiar, 288 – Nazaré.
Contato:(91) 99216-3637.
Faixa de preço mediana.

Shopping Boulevard e Shopping Pátio Belém
Se quiser ir para um lugar com várias opções rápidas, com fast food(MC Donald´s, Burguer King, Subway etc.), e restaurantes descolados como o Engenho do Dedé (Boulevard), Belém Bistrô (Boulevard) e Pommed´or (Pátio Belém), você pode ir para um dos shoppings centrais da cidade.
Funcionam diariamente, das 10h às 22h.

Boulevard Shopping: Avenida Visconde de Souza Franco, 776 – Reduto.
Contato: (91) 3299-0500.

Shopping Pátio Belém: Travessa Padre Eutíquio, 1078 – Batista Campos.
Contato: (91) 4008-5800.

Faixa de preço acessível.

Bares

Bar do Parque
É um clássico da cidade, local da boemia, da música e da poesia. A construção é herança da Belle Époque Amazônica no estilo Art Nouveau. Bar ao ar livre, localizado na Praça da República, próximo ao Theatro da Paz, foi reinaugurado recentemente após passar por reforma, mudando um pouco seu caráter popular original.
Funcionamento terça, das 16h à meia-noite, quarta, quinta e domingo, das 7h à meia-noite, sexta e sábado, das 7h às 2h.
Endereço: Praça da República – Campina.
Contato: (91) 3212-1846.
Faixa de preço mediana.

Boteco do Gugu
Para comer aquele peixe frito e escutar boa música não tem outro! Se topar essa sugestão, não esquece de pedir também os famosos bolinhos com massa de batata doce e recheio de charque! O espaço é pequeno e simples, mas bem aconchegante. Toda quinta tem música e gente reunida. Não estranhe se estiver lotado, pois parte da cidade vai ao local pela comida caseira, chopp gelado e o precinho camarada.
Funcionamento de quarta a sexta, das 17h às 23h, sábado, das 10h às 18h, e domingo, das 10h às 15h.
Endereço: Rua dos Pariquis, 3184 – Cremação.
Contato: (91) 3269-6024.
Faixa de preço acessível.

Lanche do Sírio
Tem a melhor esfirra aberta da cidade.
Funcionamento de segunda a quinta, das 17h à meia-noite, sexta e sábado das 17h à 1h.
Endereço: Rua Bernal do Couto, 131-157 – Umarizal.
Contato: (91) 98208-4222.
Faixa de preço acessível.

Na Maré
É um bar e restaurante que fica na Cidade Velha, à beira do rio. Serve pratos de mariscos e peixes frescos. Para acompanhar, aquela cerveja geladinha. Se quiser esticar o almoço, o pôr-do-sol de lá é incrível.
Funcionamento de sexta a domingo, das 11h às 21h.
Endereço: Rua São Boaventura, 112 – Cidade Velha.
Contato: (91) 98043-9186.
Faixa de preço mediana.

Portinha
É uma lanchonete disputada de Belém. O local não tem placa. Fica numa apertada ruela da Cidade Velha. Apenas uma mesa e três cadeiras estão disponíveis, mas isso não afasta os admiradores do local. Os salgados são receitas exclusivas, que misturam ingredientes regionais e de primeira qualidade, servidos sempre quentinhos.
Funcionamento de sexta a domingo, das 17h às 22h.
Endereço: Rua Doutor Malcher, 436 – Cidade Velha.
Contato: (91) 99115-2222.
Faixa de preço acessível.

Restaurante do Rubão
É um buteco/restaurante famoso, com excelentes opções regionais e com pratos premiados várias vezes em diferentes concursos. No cardápio, é possível ver opções como: caranguejo desfiado, feijoada, isca de carne, camarão, peixe, entre outros. Não são tantas opções, mas o tempero é caseiro e a experiência vale! O espaço é pequeno, por isso, chegue cedo!
Funcionamento de sábado a domingo, das 20h à meia-noite, mas ligue sempre antes de ir!
Endereço: Travessa Gurupá, 312 – Cidade Velha.
Contato: (91) 9122-4232.
Faixa de preço acessível.

Veropinha
Foi inaugurado recentemente e o bar faz sucesso por seus petiscos diferentes (bolinho de banana, carne seca e bacon, uma delícia!) e drinks exóticos, mas não deixa de lado o bom e velho chopp bem gelado. O ambiente lembra um boteco tradicional e a música é animada.
Funcionamento de terça a sexta, das 18h à 1h, sábado, das 11h à 1h, e domingo, das 11h à 18h.
Endereço: Rua dos Mundurucus, 1728 – Guamá.
Faixa de preço mediana.

Você não vai resistir conhecer um pouco de Belém no tempo livro do evento, mas se preferir ficar no hotel, o ifood também salva com opções que vão desde a comida regional até a cozinha internacional

Belém possui diversos cartões-postais. Visitá-los chega a ser obrigatório para quem deseja sentir de perto a cultura e a história da cidade. Para se divertir, há opções de pontos turísticos famosos, museus, espaços culturais e gastronômicos, entre outros.

Confira tudo em nosso guia:

Pontos turísticos

Basílica de Nazaré
Um dos principais patrimônios históricos, culturais e religiosos de Belém, erguida no local onde, reza a tradição, foi encontrada, pelo caboclo Plácido, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, dando início à devoção que hoje se manifesta no Círio de Nazaré, a maior procissão do mundo com mais de 2 milhões de peregrinos.
Funciona diariamente (consultar horários e programações no site).
Endereço: Avenida Nazaré, 1300 – Nazaré.
Contato: (91) 4009-8400 | (91) 4009-8440 | (91) 4009-8407.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Centro Histórico
Abriga casarões de arquitetura europeia, igrejas e galerias de arte, é um ponto turístico muito significativo.
Funciona diariamente.
Endereço: Bairros da Cidade Velha e Campina.
Faixa de preço acessível.
Cine Olympia
O mais antigo cinema de rua do Brasil ainda em pleno funcionamento, dedicado à exibição de mostras do circuito não comercial.
Funciona diariamente (consultar horário das programações na bilheteria).
Endereço: Avenida Presidente Vargas, 918 – Campina.
Contato: (91) 3230-5380.
Faixa de preço acessível.

Complexo Feliz Lusitânia
Berço onde nasceu a cidade de Belém, local no qual estão reunidos alguns de seus principais pontos turísticos, como o Forte do Castelo, a praça Dom Frei Caetano Brandão, a Casa das 11 Janelas, a Igreja de Sandro Alexandre, onde funciona o Museu de Arte Sacra e a Catedral Metropolitana de Belém.
Funcionamento de terça a domingo, das 10h às 20h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, 117 – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8828.
Faixa de preço acessível.

Estação das Docas
É um dos passeios clássicos de Belém. Não à toa está sempre movimentado de turistas e visitantes locais. É bastante procurado por quem quer jantar, tomar um sorvete, beber uma cerveja de produção local com os amigos ou simplesmente admirar a Baía do Guajará. E ainda fica do ladinho do Ver-o-Peso, cartão postal de Belém.
Funciona diariamente, das 8h às 2h.
Endereço: Avenida Boulevard. Castilhos França, s/n – Campina.
Contato: (91) 3212-5525.
Faixa de preço alta.

Forte do Presépio
Abriga uma exposição permanente com itens da cultura material de populações indígenas que aqui habitavam antes e durante o período colonial. Também é conhecido como Forte do Castelo.
Funcionamento de terça a sexta, das 10h às 17h, sábado e domingo, das 9h às 13h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8678.
Faixa de preço acessível.

Mercado do Ver-o-Peso
É uma das maiores feiras livres da América Latina, eternizada em vários programas de televisão, parada obrigatória para conhecer as simpatias feitas pelas erveiras, as frutas da Amazônia e quem sabe comer o famoso peixe frito ou conhecer o Mercado de Ferro, com sua estrutura metálica em Art Nouveautrazida dos Estados Unidos e da Inglaterra graças ao dinheiro da borracha no século XIX.
Funciona diariamente, das 7h às 18h.
Endereço: Avenida Boulevard Castilho França, s/n – Cidade Velha.
Faixa de preço acessível.

Museu de Arte Contemporânea Espaço Cultural Casa das Onze Janelas
Museu dedicado a exposições de arte contemporânea. Possui várias coleções de arte moderna, contemporânea e fotografia de artistas locais e nacionais.
Funcionamento de terça a sexta, das 10h às 17h, sábado e domingo, das 9h às 13h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8695.
Faixa de preço acessível.

Theatro da Paz
Uma joia remanescente do ciclo de ouro da borracha, onde cantaram várias das maiores sopranos europeias do século XIX e foram encenadas as principais óperas. Um passeio guiado e erudito por essa obra arquitetônica inspirada no Teatro Scalla de Milão (Itália) vai ensinar muito sobre a história da cidade. Fique ligado no nosso site que divulgaremos a programação do Theatro da Paz no período do evento!
Funcionamento de terça a sexta, das 9h às 18h, sábado das 9h às 12h, e domingo das 9h às 11h.
Endereço: Rua da Paz, s/n – Praça da República.
Contato: (91) 4009-8750.
Faixa de preço acessível.

Contato com a natureza

Bosque Rodrigues Alves
É um pedaço de floresta nativa dentro da cidade, uma área de preservação ambiental no bairro do Marco. O espaço foi inaugurado em 1883 e atualmente abriga mais de 80 mil espécies de flora e fauna, com média de 20 mil visitantes por mês. A entrada tem um preço simbólico.
Funcionamento de terça a domingo, das 8h às 16h.
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 2305 – Marco.
Contato: (91) 3277-1112.
Faixa de preço acessível.

Mangal das Garças
É um dos passeios mais bonitos a se fazer na cidade. Localizado no bairro da Cidade Velha, o Mangal conta com vários espaços de visitação como o borboletário (se tiver sorte, as borboletas pousam na sua mão, rendendo as melhores fotos de Instagram da viagem), a fauna livre, com vários pássaros e iguanas. Do mirante, se pode ver boa parte da cidade e uma ponte leva até a beira do rio, da qual se pode ver o mangue original que cobria toda a orla da cidade. É lá também que se encontra o famoso restaurante Manjar das Garças e um pequeno museu sobre história da navegação.
Funcionamento de segunda a domingo, das 9h às 18h.
Endereço: Rua Carneiro da Rocha, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 3242-5052.
Faixa de preço mediana/acessível (entrar no Mangal é de graça, mas as atrações são pagas e o restaurante tem preço próprio).

Orla de Icoaraci
Fica no distrito de Icoaraci (“De frente para Sol”, em Tupi), afastado do centro, mas uma ótima opção para ver o rio e comer peixe nas barracas. Tem uma vista magnífica da Baía do Guajará. É um local turístico que reúne pessoas que buscam lazer, conversar e socializar, principalmente nos finais de semana. Outro atrativo dessa orla é a feira de artesanatos, onde são vendidos os tradicionais objetos de cerâmica marajoara, produzidos pelos mestres locais e exportados para todo o Brasil. Vale a pena conhecer!
Funciona diariamente, aberta o dia todo.
Endereço: Rua Siqueira Mendes – Cruzeiro (Icoaraci).
Faixa de preço mediana/acessível (a orla possui restaurantes e artesanatos de diferentes custos).

Parque Estadual do Utinga
Foi criado em 3 de maio de 1993. Com 1.353 hectares, o Parque Estadual do Utinga é uma unidade de conservação ambiental. Possui lagos encantadores, pássaros e uma rica biodiversidade, itens que atraem visitantes e pesquisadores. Recentemente reformado, o Parque tem um belo pórtico na entrada, dois lagos que abastecem a cidade, um espaço de acolhimento e área ecológica que retrata o ecossistema amazônico. Alugue uma bicicleta, prepare a roupa de exercício e programe-se para um turismo ecológico! É excelente para quem quer se exercitar, só não esqueça da garrafinha de água, pois o calor ali não é brincadeira.
Funciona diariamente (exceto terça), das 6h às 17h.
Endereço: Avenida João Paulo II, s/n – Souza.
Contato:(91) 3342-2630.
Faixa de preço acessível.

Portal da Amazônia
Foi inaugurado em 2012, um espaço que promove lazer e tranquilidade para aqueles que pretendem realizar uma atividade física ao ar livre, apreciar uma bela vista do pôr do sol, passear. Com cerca de 1,5 mil metros de área de lazer com um corredor na orla do Rio Guamá, o espaço situa-se entre as ruas Veiga Cabral e Mundurucus, no bairro do Jurunas, na capital paraense. O local foi escolhido para receber o monumento “Ímpeto”, uma das 22 obras do Prêmio Arte Monumento Brasil 2016, do Ministério da Cultura do Governo Federal. Confira lá!
Funciona diariamente, aberto o dia todo.
Endereço: Portal da Amazônia, s/n – Jurunas.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Ver-o-Rio
Fica na orla de Belém e é uma ótima opção para curtir a brisa à beira da Baía do Guajará. No fim da tarde, aproveite para provar as tapiocas bem recheadas servidas no calçadão. Aos sábados pela manhã, alguns grupos de canoagem de Belém se reúnem lá para remar na orla, ótima opção para quem curte esportes aquáticos.
Funciona diariamente, aberto o dia todo.
Endereço: AvenidaMarechalHermes, 1374 – Umarizal.
Faixa de preço acessível.

Belezas naturais

Distrito de Mosqueiro
Ilha fluvial e distrito de Belém, distante cerca de 70 Km do centro da capital (1h-1h30 de carro ou ônibus). Com praias de água doce tão extensas que chegam a parecer o mar. Local ideal para desfrutar de uma “tapioquinha” ao fim da tarde, depois de um bom banho de rio.
Como chegar: É preciso sair da cidade pela rodovia BR-316 e passar pelos municípios de Ananindeua e Marituba. Chegando em Benevides, o veranista faz um desvio para pegar a rodovia estadual PA-391, cruzando Santa Bárbara até a ponte de Mosqueiro. Da ponte até o centro do distrito são 20 Km pelas Rodovia Augusto Meira Filho e Avenida 16 de novembro, que leva até a praia do Chapéu Virado.

Ilha do Combu
Um local aconchegante, cheio de encantos e belezas naturais, fica situada às margens do Rio Guamá, sendo uma das dezenas de ilhas catalogadas pela Companhia de Desenvolvimento de Belém. É a quarta maior ilha no município, em espaço territorial, e tem exuberantes paisagens com fauna e flora diversificadas. É uma excelente opção para aproveitar um dia de sol, tomar um banho de rio, aventurar-se nas trilhas ecológicas e saborear os pratos regionais.
Como chegar: A travessia de Belém até a Ilha do Combu dura aproximadamente 15 minutos e é feita através de embarcações que saem da Praça Princesa Isabel, localizada no bairro Condor. Do outro lado tem vários restaurantes, o Kakury é uma opção, mas se estiver cheio os barqueiros indicam algum outro.

Museus

Espaço São José Liberto
O antigo presídio São José teve seu espaço renovado e abriga hoje o Pólo Joalheiro, onde é possível conhecer o Museu de Gemas, passear e comprar artesanato e joias feitas por designers locais, a partir de sementes, gemas e pedras preciosas.
Funcionamento de terça a sábado, das 9h às 18h, domingos e feriados, das 10h às 16h.
Endereço: Praça Amazonas, s/n – Jurunas.
Contato:(91) 3344-3500.
Faixa de preço acessível.

Museu de Arte Sacra de Belém
É um dos mais bonitos do país e conta com um belo acervo de Arte Sacra do século 17 ao século 20.
Funcionamento de terça a sexta, das 10h às 17h, sábados, domingos e feriados, das 9h às 13h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8664.
Faixa de preço acessível.

Museu do Círio
É dedicado à maior celebração religiosa local, ótimo para quem estuda sobre religiões ou apenas tem curiosidade sobre o Círio.
Funcionamento de terça a sexta, das 10h às 17h, sábado, domingo e feriados, das 9h às 13h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8669.
Faixa de preço acessível.

Museu do Estado do Pará (MEP)
Um dos prédios históricos mais visitados em Belém é o MEP. Erguido no século 18, pelo arquiteto italiano Antonio Landi, situa-se no Palácio Lauro Sodré, no bairro da Cidade Velha. Esse monumento já foi residência de governadores e guarda mistérios em suas relíquias. Nesse Museu, há exposições artístico-culturais e possui um acervo composto por telas, mobiliários, fotografias, entre outros bens preciosos da história do Pará.
Funcionamento de terça a sexta, das 10h às 17h, sábado, domingo e feriados, das 9h às 13h.
Endereço: Praça Dom Pedro II, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8513.
Faixa de preço acessível.

Museu Paraense Emílio Goeldi
Uma das instituições científicas mais importantes do Brasil e até mesmo do mundo, fundada em 1866 em plena Amazônia, focando seus estudos nos aspectos naturais e socioculturais dessa região, bem como divulgando o conhecimento aqui produzido. Um de seus espaços é o Parque Zoobotânico, situado no centro urbano de Belém, abrigando uma mostra significativa da flora e da fauna amazônicas. Aberto à visitação.
Funcionamento de terça a domingo, das 9h às 17h.
Endereço: Avenida Governador Magalhães Barata, 376 – São Brás.
Contato: (91) 3182-3200.
Faixa de preço acessível.

Igrejas

Catedral Metropolitana de Belém (Igreja da Sé)
Um espaço acolhedor, cheio de histórias de fé e com estilo barroco, a Igreja da Sé ou Catedral Metropolitana de Belém teve sua pedra fundamental lançada em 1748, mas foi no ano seguinte que se iniciou sua construção. Em 1755, houve sua inauguração oficial e solene. Ao longo do ano a igreja realiza várias celebrações litúrgicas. Já no segundo domingo de outubro, recebe centenas de católicos para a tradicional missa do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. Essa igreja fica localizada próximo à Casa das 11 janelas, é sede da Arquidiocese de Belém e integra o complexo histórico e religioso do bairro da Cidade Velha.
Funciona diariamente (consultar horário das missas no site).
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão, s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 2121-3724.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Igreja de Nossa Senhora das Mercês
Patrimônio da arquitetura paraense que chama a atenção daqueles que passam pelo Centro Comercial de Belém. Situada no complexo do bairro da Campina, sua construção iniciou em 1640, ainda de taipa e pilão, mas, em 1753, foi projetado um novo templo pelo arquiteto Antonio Landi, resultando em uma igreja com traços arquitetônicos do período colonial. É integrada ao antigo convento dos Mercedários, construção histórica recentemente cedida à Universidade Federal do Pará para restauro e funcionamento dos cursos de graduação e pós-graduação em Conservação e Restauro, além de um complexo cultural com cafeteria e livraria.
A Igreja funciona diariamente (consultar horários de missas e adoração no site).
Endereço: Travessa Frutuoso Guimarães, 31 – Campina.
Contato: (91) 3212-3102.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Igreja de Santo Alexandre
Situada no complexo arquitetônico e turístico da Cidade Velha, em Belém do Pará, a Igreja de Santo Alexandre localiza-se no antigo Palácio Episcopal, integrada ao Museu de Arte Sacra. Construída pelos padres jesuítas com participação da população indígena, no final do século 17 para o século 18, o local era denominado Igreja de São Francisco Xavier. Com mais de 400 peças, que inclui pinturas e objetos sacros antigos, a Igreja de Santo Alexandre tem belas características arquitetônicas do estilo Barroco. Na entrada, tem a presença de quadros da Via Sacra, que representam toda a vida de Jesus Cristo até a morte, e uma grande sacristia ao lado da capela central.
Funciona de terça a sexta, das 10h às 18h, sábado e domingo, das 10h às 14h.
Endereço: Praça Dom Frei Caetano Brandão s/n – Cidade Velha.
Contato: (91) 4009-8802.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Praças

Praça Batista Campos
Fundada no século 19, era denominada “Largo da Salvaterra”, depois “Praça Sergipe” e, em 1897, durante o governo de Antônio Lemos, recebeu o nome de Batista Campos em homenagem a um dos principais personagens da Cabanagem. Lugar que transmite tranquilidade em meio ao trânsito de Belém, a praça Batista Campos é arborizada, possui lagos atravessados por pontes de madeiras e um chafariz, que recebem decoração temática ao longo do ano, o que ressalta ainda mais a beleza do local. O ambiente e a segurança proporcionam a movimentação diariamente. A praça foi tombada pelo município em 1983 e, em 2005, foi eleita a mais bonita do Brasil pelo “Prêmio 100 mais”. Essa praça é o point para quem quer tomar aquela água de coco e curtir o visual natural do lugar, cartão postal de Belém. Também é boa para caminhadas e corridas.
Funciona diariamente, aberta o dia todo.
Endereço: Travessa Padre Eutíquio, s/n – Batista Campos.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Praça Brasil
Ótima para caminhar! Prove lá o famoso guaraná da Amazônia, que parece um milkshake feito de ingredientes locais, como guaraná em pó e castanha. A praça é agradável e, no fim da tarde, fica bem movimentada.
Funciona diariamente, aberta o dia todo.
Endereço: Travessa Dom Pedro I, 469 – Umarizal.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Praça da República
Fica em meio à tradicional Avenida Presidente Vargas, no bairro da Campina, na capital paraense. Foi construída no final do século 19 e início do século 20, em homenagem à proclamação da República. Antes de ser praça, o local já foi um cemitério para escravos e pessoas pobres, depois foi transformado em um depósito de pólvora. Nessa praça, há lindos monumentos arquitetônicos, o lendário Bar do Parque (recentemente reinaugurado), o belo Theatro da Paz, coretos e mangueiras centenárias. Faça um passeio por lá na manhã de domingo, quando a praça fica lotada de barraquinhas de comida e feirinha de artesanato ao ar livre. Também são aos domingos que a praça recebe feira de adoção de animais e apresentação de grupos musicais e artísticos. A dica é levar algum tecido, canga ou toalha para sentar na grama e curtir o clima da praça. Quem ficar hospedado no nosso hotel oficial, Hotel Princesa Louçã, basta atravessar a rua para desfrutar desse passeio.
Funciona diariamente, aberta o dia todo.
Endereço: Avenida Presidente Vargas, s/n – Campina.
Faixa de preço acessível (entrada gratuita).

Projetos Culturais

Roteiros Geoturísticos
Projeto de Extensão criado em 2011 pelo Grupo de Pesquisa de Geografia e Turismo (GGEOTUR) da Universidade Federal do Pará, que realiza visitas guiadas ao Centro Histórico de Belém com o objetivo de valorizar a memória social, espacial, patrimonial, material e imaterial da cidade. Também já promoveu visitas em outros municípios paraenses. Confira as programações dos roteiros pelas redes sociais do Projeto.
Contato: roteirosgeoturisticos@gmail.com

Projeto Circular
O Projeto busca revalorizar o Centro Histórico de Belém a partir da promoção de atividades culturais e educativas que fomentam a circulação em espaços públicos dos bairros que deram origem à cidade. Acompanhe as programações pelo site do Projeto.

Núcleo de Conexões Ná Figueiredo
Espaço descontraído, com a proposta de reunir moda, música, arte, criatividade e coletividade, dando visibilidade às expressões culturais amazônicas. Oferece oficinas, bate-papo, mostras culturais e tem um Café-Bar imperdível. Siga o Núcleo nas redes sociais para conferir as programações.
Funcionamento de segunda a sábado, das 10h às 22h.
Endereço: Avenida Gentil Bittencourt, 449 – Nazaré.

Vida noturna

Açaí Biruta
Só Biruta para os íntimos, é uma casa noturna badalada de Belém, com um espaço bonito, alegre e energia contagiante para quem gosta de dançar. Basta acompanhar as redes sociais para saber da programação. Fica localizado na primeira rua da cidade!
Funcionamento na sexta, das 23h às 5h, e domingo, das 17h à meia-noite.
Endereço: Rua Siqueira Mendes, 186-314 – Cidade Velha.
Contato: (91) 99138-0909 | 98156-0506.
Faixa de preço alta.

Amazon Beer
É um bar e restaurante famoso por suas cervejas artesanais feitas com ingredientes da região, como açaí, bacuri e taperebá. No fim da tarde, o local fica lotado por seu happy hour disputadíssimo.
Funcionamento de segunda a quinta, das 17h à meia-noite, sexta, das 17h às 2h, sábado, das 12h às 2h, e domingo, das 12h à meia-noite.
Endereço: Estação das Docas, Rua Boulevard Castilhos França, s/n – Campina.
Contato: (91) 3212-5400.
Faixa de preço alta.

Apoena
É um espaço cultural com ambientação rústica, música regional e pratos tipicamente paraenses. Lugar de encontro para dançar aquele carimbó, marcar um almoço ou tomar o famoso Caldo de Tucupi! O espaço abre de quarta a domingo, mas as “quartas são tropikais no Apoena”. Nesse dia, o happy hour inicia às 16h com música mecânica, descontos em cervejas, drinks, petiscos; depois tem seleção de bregas marcantes, guitarradas e merengues, além de 30 minutos de open bar de Draft Sound, das 21h30h às 22h! Os ingressos são R$7.
Funcionamento na terça, das 11h às 15h, quarta e quinta das 11h à 0h40, sexta e sábado, das 11h às 2h30, e domingo, das 11h às 18h (quando tem apresentação de eventos culturais aos domingos, o restaurante funciona até 23h).
Endereço: Avenida Duque de Caxias, 450 (altos) – Fátima.
Contato: (91) 98213-6071.
Faixa de preço mediana/acessível.

Baron Club
É um bar/boate com festas em sua maioria voltadas ao público LGBTQI+, a programação é animada todo fim de semana, basta acompanhar as redes sociais para saber.
Funcionamento de sexta a sábado, das 22h às 4h.
Endereço: Avenida Nazaré, 579 – Nazaré.
Contato: (91) 98149-7377.
Faixa de preço mediana.

Black Dog
É para quem curte ouvir um rock ou R&B tomando cerveja e comendo um petisco. O lugar é pequeno, então é bom chegar cedo se quiser pegar mesa.
Funcionamento de terça a quinta, das 18h à 1h, e sexta e sábado, das 18h às 4h.
Endereço: Rua Bernal do Couto, 791 – Umarizal.
Contato: (91) 3199-2335.
Faixa de preço mediana/alta.

Café com Arte
É um dos bares/pubs mais famosos da cidade, conhecido por ser lugar favorito para festas de todos os públicos. O preço varia de acordo com a festa, então é importante estar atento às redes sociais.
Funcionamento terça e quarta, das 17h às 23h45, quinta, das 17h à 1h, sexta, das 17h às 2h, e sábado, das 18h às 4h.
Endereço: Avenida Rui Barbosa, 1437 – Nazaré.
Contato: (91) 3224-8630.
Faixa de preço mediana.

Coisas de Negro
Espaço cultural excelente para quem gosta de um rolê alternativo, regado a cerveja, muito carimbó e resistência. Ele fica no distrito de Icoaraci, então é bom saber que vai demorar um pouco para chegar. Basta acompanhar as redes sociais para saber da programação.
Funcionamento na sexta e domingo, das 18h à 0h30 e sábado, das 18h às 3h30.
Endereço: Avenida Doutor Lopo de Castro, 1081 – Icoaraci.
Contato: (91) 3247-8702.
Faixa de preço acessível.

De Bubuia
É um Boteco/Galeria. Lá rola muito rock e muita dança, artes visuais, grafite e é um excelente ponto de encontro! A farofinha e a feijoada são divinas e o chopp super gelado!
Funcionamento de terça a quarta, das 19h às 2h, quinta e sexta, das 19h às 4h, sábado, das 12h às 3h, e domingo, das 17h à 1h.
Endereço: Rua Rodrigues dos Santos, 210 – Cidade Velha.
Contato: (91) 99837-4550.
Faixa de preço mediana.

Dois Irmãos
Simples e acolhedor. Localizado no bairro da Cidade Velha, o espaço serve uma das melhores comidas de buteco de Belém. E olha que lá tem desde espetinho de carne, bolinhos de castanha, molho de jambu, e até prato de peixe premiado pelo concurso “Comida de Buteco”.
Funcionamento de segunda a quinta, das 18h à meia-noite, sexta, das 18h à 1h, sábado, das 10h à 1h e domingo das 10h às 16h.
Endereço: Rua Triunvirato, 280, esquina da Travessa Monte Alegre – Cidade Velha.
Contato: (91) 98032-7474.
Faixa de preço acessível.

Fandom Pub
É para os geeks que amam séries, mas não dispensam uma cervejinha. Cuidado com a parede de spoilers, olhe para ela por sua própria conta e risco!
Funcionamento de terça a quinta, das 19h às 2h, sexta e sábado, das 19h às 4h.
Endereço: Rua Bernal do Couto, 456 – Umarizal.
Contato: (91) 98428-6671.
Faixa de preço mediana/alta.

Lambateria
É para quem estiver a fim de conhecer nossa mistura de lambada retrô, ao som de batuques, guitarras e um pouco de brega. O nome da festa já dá spoilers do que esperar por lá, então prepara tua roupa mais leve para swingar a música latino-amazônica no Pará. As apresentações são regionais e além de música, a festa também tem espaço para exposição de artistas visuais. Nos telões da casa, são expostos trabalhos de artistas locais e exibidos clipes de músicos paraenses. Na entrada da festa são ofertados produtos culturais. Se quiser opções de lembranças dos ritmos da cidade, lá encontrará CDs, DVDs e camisas dos artistas que se apresentam no espaço.
Funcionamento na quinta, a partir das 19h.
Endereço: Ouriço Arte e Bar (Rua Gaspar Viana, 9, na Praça das Mercês – Campina).
Contato: (91) 98883-5125.
Faixa de preço entre mediana.
Lamusique
É uma casa noturna famosa na cidade, boa para quem gosta de dançar um sertanejo ou conhecer um ritmo mais latino com festa da Lambateria às quintas. Basta acompanhar as redes sociais para saber da programação.
Funcionamento na quarta, das 23h às 4h, quinta, das 22h às 4h, sexta e sábado, das 23h às 5h.
Endereço: Rua Municipalidade, 488 – Reduto.
Contato: (91) 98207-8001.
Faixa de preço entre mediana alta.

Meu Garoto
Tem uma variedade de chopps geladinhos, licores, petiscos e caldos. E é nesse lugar, entre as ruas estreitas do centro de Belém, que você vai experimentar a verdadeira cachaça de Jambu, hoje exportada para outros lugares do Brasil e do mundo!  O espaço é pequeno, alguns pontos refrigerados e o atendimento é feito no Balcão.
Funcionamento de segunda a sábado, das 9h às 23h.
Endereço: Rua Senador Manoel Barata, 928 – Campina.
Contato: (91) 3222-9985.
Endereço: Avenida Senador Lemos, 641 – Umarizal.
Contato: (91) 98195-0279.
Faixa de preço mediana.

Mormaço
É um dos bares mais famosos de Belém. Fica à beira do rio, o que proporciona aos visitantes uma bela vista. No almoço você pode comer peixe frito com açaí, mas é no fim da tarde/noite que o bar lota de pessoas que vão para dançar e se divertir. Toca reggae, brega e tecnobrega.
Funcionamento de sexta a sábado, das 21h às 5h, e domingo, das 11h às 23h.
Endereço: Rua Carneiro da Rocha, 1 – Cidade Velha.
Contato: (91) 98043-7275.
Faixa de preço mediana.

Ouriço Arte e Bar
Localizado no centro histórico de Belém, o Ouriço congrega dois ambientes diferentes e público bastante diverso. No espaço aberto, as pessoas podem conversar sentadas à mesas enquanto saboreiam cervejas populares. No espaço fechado, chamado de “Inferninho”, é possível degustar drinks e cervejas enquanto toca funk, música eletrônica, brega, sertanejo, entre outros estilos musicais. Quem estiver procurando uma opção mais barata sem se importar em comer ou beber em pé, também é possível tomar o famoso copão de cerveja (500 ml), acompanhado por um espetinho de carne, ou por comidas típicas do estado como tacacá ou maniçoba, que são vendidos por ambulantes na praças das Mercês enquanto o bar funciona.
Funcionamento: às quintas de 19h até 3h. E sexta e sábado de 19h até 4h.
Endereço: Rua Gaspar Viana, 9, na Praça das Mercês – Campina
Contato: 981215889
Faixa de preço acessível.

Studio Pub
É um bar que sempre toca música ao vivo. No comando da casa estão as bandas cover. Às sextas rola o open mic, diversão garantida para quem curte karaokê e não tem vergonha de pagar aquele mico.
Funcionamento de terça a quarta, das 18h à meia-noite, quinta e sexta, das 18h às 4h, sábado, das 19h às 4h e domingo, das 18h à meia-noite.
Endereço: Rua Presidente Pernambuco, 277 – Batista Campos.
Contato: (91) 3230-2475.
Faixa de preço mediana.

Vila Container e Galeria Azimute
É um espaço que mesmo recente em Belém, já faz sucesso entre os belenenses. O local acolhe vários restaurantes, uma agência de publicidade, um escritório de arquitetura, uma lojinha e uma pequena galeria de arte. Toda semana há festas embaladas por DJ´s ou música ao vivo. Ah, a reutilização dos containers para alojar os restaurantes chama a atenção.
Funcionamento de terça a domingo, das 17h às 23h30.
Endereço: Avenida Governador Magalhães Barata, 52 – São Brás.
Faixa de preço alta/mediana.

Para se exercitar

Se a sua vibe são os esportes e a vida fitness não se preocupe, há várias academias em Belém, como as cadeias Smart fitBio Ritmo e Bodytech, sem contar as academias locais que também são excelentes. Se você é da galera do Crossfit é só dar uma olhada no Crossfit map e encontrar uma afiliada próxima do seu hotel.

Para quem curte algo mais ao ar livre, o Caruanas Va’a ou o Marenteza– vão te levar de canoa para conhecer a baía e o rios próximos da cidade. Eles têm até turmas para iniciantes se você quer apenas conhecer o esporte. Kite stand up paddle nos rios também é uma opção com o Amazon Kite & Sup.

Por fim, se você só quer dar uma corridinha ou caminhada de leve, as praças Batista Campos, da República, Brasil, o entorno do Museu Emílio Goeldi e do Bosque Rodrigues Alves são ótimos para isso. Só lembre de levar uma garrafinha d’água.

Como podem ver, não faltará o que fazer durante a estada em Belém! Para se programar, fique atento ao nosso site, que atualizaremos constantemente com dicas detalhadas sobre o que fazer na cidade.

Além das dicas que dermos aqui, você pode conferir detalhes sobre a programação da cidade também acessando algumas páginas:

Agenda cultural
http://www.guiart.com.br/
https://belemdopara.com.br/

Museus e galerias
http://museusgaleriasartebelem.blogspot.com/

Espaços culturais e históricos
http://www.belem.pa.gov.br/app/c2ms/v/?id=15&conteudo=4551
http://www.secult.pa.gov.br/espacos

parceiros

fale conosco

Pauta.com

(91) 3246.7603 / 3246.0734

atendimento@pautaeventos.com.br

V PRÊMIO DE JORNALISMO

REGULAMENTO

V PRÊMIO DE JORNALISMO EM TURISMO “COMENDADOR MARQUES      DOS REIS”

I - SOBRE O PRÊMIO

O Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” tem como objetivo o reconhecimento qualitativo dos melhores trabalhos jornalísticos produzidos e publicados em nível local, nacional e internacional sobre o destino Pará, contribuindo, desta forma, com o fortalecimento do profissional de Comunicação e divulgação do turismo paraense.

A primeira edição do Prêmio ocorreu em 2006, quando foi instituído pela Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Estado do Pará (Abrajet Pará), em parceria com a Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e apoio da Abrajet Nacional,   Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) e da TAP Linhas Aéreas de Portugal. Nessa edição, a iniciativa, pioneira no Brasil, contou com a participação de cerca de 200 profissionais de Comunicação do Brasil e exterior.

A segunda edição, no final de 2012 e início de 2013, manteve os parceiros unidos na missão de fortalecer o turismo como atividade econômica e foi inspirado no Plano Estratégico de Turismo “Ver-o-Pará”, que deu as diretrizes do regulamento e premiação focando o desenvolvimento sustentável na Amazônia paraense.

A terceira edição, concluída em setembro de 2016, na Semana Mundial do Turismo, foi realizada novamente pela Abrajet Pará em parceria com a Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Secretaria de Comunicação (Secom) e apoio da Abrajet Nacional, Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará (Sinjor-PA), OS Pará 2000 (Estação das Docas e Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia) e Igama (Instituto de Gemas e Jóias da Amazônia – Igama), Simineral, ABAV e outras parcerias que se mantiveram na quarta edição.

Relevante destacar que, desde a terceira edição, o patrocinador do Prêmio “Comendador Marques dos Reis” sempre foi o BANPARÁ, cumprindo sua missão de gerar valor para o Estado do Pará, como um banco autossustentável que atua para o desenvolvimento econômico e social e visão de “Ser reconhecido como o Banco regional que gera os melhores resultados econômicos e sociais”.

Esta quinta edição é um novo desafio para a Abrajet e seus parceiros, dado o momento vivenciado pela economia brasileira, em que o turismo enfrenta obstáculos para se consolidar como uma referência para a boa imagem do País, por consequência do Pará como destino turístico prioritário na Amazônia. Desafio ainda maior com o advento das novas mídias que levaram o país a um estado permanente de democracia digital, em que fazer comunicação especializada e com responsabilidade tornou-se um privilégio de poucos.

Ainda assim, seus realizadores entendem ser a premiação um novo estímulo para que o profissional de comunicação especializado em turismo cumpra sua missão, que é dar visibilidade ao potencial social e turístico como atividade econômica representada no Pará por mais de 50 segmentos.

II - HOMENAGEADO

O Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” presta homenagem a Joaquim Marques dos Reis, uma das personalidades mais importantes para o turismo no Estado do Pará, pioneiro do turismo do estado e também do jornalismo especializado.

Joaquim Marques dos Reis nasceu em Portugal, na Vilar Torpim, e aos 14 anos,  já em Lisboa, embarcou no navio Anselmo para atravessar os mares em busca de um novo mundo. A chegada em Belém do Pará aconteceu em 26 de novembro de 1936. Em meados de 1948, ingressou no jornalismo, na extinta Folha do Norte, a convite de Paulo Maranhão, então dono do veículo. Por volta de 1954, Marques dos Reis passou a assinar uma página inteira chamada Terras de Portugal, na Folha do Norte.  Foi o idealizador da “Viagem da Primavera”, que levou de navio o primeiro grupo de turistas do Brasil para Portugal, em 1960, fato que culminaria com o reconhecimento do governo português pela intensa divulgação que promovia, condecorando-o com a “Comenda da Ordem do Infante Dom Henrique”.

Após algumas viagens idênticas, recebeu uma notificação da IATA (órgão internacional que regulamenta o funcionamento das companhias aéreas), de que viagens desse porte deveriam ser feitas por agências de viagens.  Assim, em 22 de agosto de 1962, nasceu a Lusotur, fazendo do Comendador um empresário do setor turístico. Marques dos Reis fundou ainda em 1973, o Equatorial Palace Hotel, moderno e confortável empreendimento embelezou a Presidente Vargas, uma das mais ilustres avenidas de Belém, cenário de muitos eventos sociais.  O Comendador faleceu em 28 de novembro de 2001, mas sem antes deixar seu legado na história do turismo do Brasil e de Portugal. 

III- LANÇAMENTO

O V Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” foi lançado oficialmente em Belém, em 7 de agosto de 2019, às 19 horas, no Centro Cultural e Turístico Sesc Ver-o-Peso, com palestra abordando temática voltada para o turismo nacional e do Pará e com abordagens voltadas para a comunicação como ferramenta de promoção e fomento ao turismo. E no dia 12 de dezembro de 2019 no será realizada no Sesc Boulevard a premiação dos trabalhos vencedores e a entrega da Comenda Honrosa de mesmo nome do prêmio, que homenageará os destaques do trade turístico de 2019. A condecoração conta com a parceria do Conselho Empresarial de Turismo do Estado do Pará CETUR e Federação do Comércio do Estado do Pará (Fecomércio).

As inscrições ficam abertas de 22 de julho de 2019 a 25 de novembro de 2019 e as mesmas devem ser feitas ON LINE no site oficial  da Abrajet Pará – www.abrajetpara.com.br e/ou www.encomtur2019.com.br.

IV - PREMIAÇÃO

Aos vencedores do V Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” será destinado prêmios em dinheiro conforme descrito no regulamento (item V Categorias). Um investimento na ordem R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) para à premiação dos primeiros colocados para cada uma das cinco categorias profissionais.

Caberá aos realizadores conferir menção honrosa de reconhecimento público, através do Troféu Comendador “Marques dos Reis”, aos finalistas do concurso, durante a premiação, a ser realizada no dia 12 de dezembro de 2019 no Sesc Boulevard.  

Em respeito à legislação fiscal brasileira, serão deduzidos dos valores recebidos por cada premiado os impostos devidos, a exemplo do Imposto de Renda – Pessoa Física, cabendo ao premiado a responsabilidade de declarar aos órgãos competentes, entre os quais, a Receita Federal, a premiação recebida mediante emissão de Cédula C pelo ente pagador do Prêmio, dentro do prazo legal pertinente a ser informado após a premiação.

V - CATEGORIAS

V.1 - JORNALISMO IMPRESSO
1° LUGAR – R$ 12 MIL

 

V.2 - JORNALISMO ON LINE
1° LUGAR – R$ 12 MIL

 

V.3 - RADIOJORNALISMO
1° LUGAR – R$ 12 MIL

 

V.4 - TELEJORNALISMO
1° LUGAR – R$ 12 MIL

 

V.5 - FOTOJORNALISMO
1° LUGAR – R$ 12 MIL

 

V.6 - MIDIAS SOCIAIS

1° LUGAR – Pacote turístico completo, com direito a acompanhante, no Marajó, partindo de Belém: passagens, hospedagem, alimentação, passeios turísticos em Soure e Salvaterra, a ser usufruído em baixa temporada de 2020 (março a junho ou agosto a novembro).

2° LUGAR - Pacote turístico individualizado, ao Marajó, partindo de Belém: passagem, hospedagem, alimentação, passeios turísticos em Soure e Salvaterra, a ser usufruído em baixa temporada de 2020 (março a junho ou agosto a novembro).

3° LUGAR – Pacote turístico individualizado ao Marajó: hospedagem, alimentação, passeios turísticos em Soure e Salvaterra, a ser usufruído em baixa temporada de 2020 (março a junho ou agosto a novembro).

informado após a premiação.

VII - JULGAMENTO

Os trabalhos e profissionais a serem premiados e reconhecidos serão julgados conforme o presente Regulamento, a partir de critérios específicos estabelecidos pela Comissão de Execução do Prêmio, que terá como diretriz o posicionamento do Corpo de Jurados convidado para qualificar os trabalhos/profissionais inscritos.

A referida avaliação dos trabalhos/profissionais seguirá os critérios abaixo especificados para cada categoria:

VII.1 - JORNALISMO IMPRESSO: jornais, revistas, cadernos, encartes, etc.

Poderão concorrer reportagens, coberturas sequenciadas de eventos e cadernos especiais veiculados em revistas e jornais brasileiros ou de outros países, no período de 01 de julho de 2018 a 25 de novembro de 2019. A inscrição se dará exclusivamente mediante publicação on line no sistema de inscrições do Site Oficial do Prêmio da Abrajet Pará – www.abrajet para.com.br e/ou www.encomtur2019.com.br. No material deve constar a identificação do autor, do veículo de comunicação e a data em que a matéria foi publicada.

Critérios de avaliação:

  • A adequação ao tema: turismo no Pará
  • Qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);
  • Iconografia (qualidade e equilíbrio de fotos e ilustrações);
  • Criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);
  • Estratégia utilizada;
  • Serviços e pesquisas de interesse do público-alvo;

O material desta categoria deve estar devidamente creditado pelo jornalista e fotógrafo responsáveis. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, na publicação, o candidato deve apresentar, no ato da inscrição, Declaração de Autoria, formal e escrita pelo representante do veículo de comunicação, lhe creditando a autoria do trabalho.

VII.2 - JORNALISMO ON LINE: sites, hot sites, blogs, portais, etc.

Poderão concorrer nesta categoria reportagens eletrônicas sobre o tema estabelecido e veiculadas em portais, sites, revistas on line e blogs brasileiros na Internet ou de outros países, no período de 1º de julho de 2018 a 25 de novembro 2019. A inscrição se dará exclusivamente mediante publicação on line no sistema de inscrições do Site Oficial do Prêmio da Abrajet Pará – www.abrajet para.com.br e/ou www.encomtur2019.com.br. Na ficha de inscrição devem constar o título da matéria e o link da página da internet, onde foi publicado, a data e o veículo da publicação.

Critérios de avaliação

  • A adequação ao tema: turismo no Pará
  • Design apropriado com a mensagem turística e jornalística;
  • Qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);
  • Estrutura de navegação (oportunidades de links para páginas ou sites correlatos, entre outros);
  • Interatividade e narrativa;
  • Recursos audiovisuais e multimídias ilustrativos da matéria;
  • Criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);
  • Serviços e pesquisas de interesse do público-alvo;

O material desta categoria deve estar devidamente creditado pelo jornalista e fotógrafo responsáveis. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, na publicação, o candidato deve apresentar, no ato da inscrição, Declaração de Autoria, formal e escrita pelo representante do veículo de comunicação, lhe creditando a autoria do trabalho.

VII.3 - RADIOJORNALISMO: programas, entrevistas, reportagens e documentários.

Poderão concorrer reportagens e programas sobre o tema estabelecido, veiculadas em emissoras de rádios brasileiras ou de outros países no período de 1º de julho de 2018 a 25 de novembro de 2019. A inscrição se dará exclusivamente mediante publicação on line no sistema de inscrições do Site Oficial do Prêmio da Abrajet Pará – www.abrajet para.com.br e/ou www.encomtur2019.com.br. Na ficha de inscrição devem constar o título da matéria e com os referidos arquivos de áudios do material jornalístico, na medida do possível link da página da internet, onde foi publicado, constando identificação do autor, da emissora, a data em que a matéria foi ao ar e a sua duração.

Critérios de avaliação:

  • A adequação ao tema: turismo no Pará
  • Qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem e edição);
  • Qualidade do áudio;
  • Qualidade da locução;
  • Qualidade da trilha sonora se houver;
  • Criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);
  • Serviços e pesquisas de interesse do público-alvo.

No material deve constar a identificação do autor, da emissora, a data em que a matéria foi ao ar e a sua duração em minutos. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, na publicação, o candidato deve apresentar, no ato da inscrição, Declaração de Autoria, formal e escrita pelo representante do veículo de comunicação, lhe creditando a autoria do trabalho.

VII.4 - TELEJORNALISMO: programas, entrevistas, reportagens e documentários.

Poderão concorrer reportagens e/ou documentários sobre o tema estabelecido, veiculadas em emissoras de televisão (canal aberto ou fechado) brasileiras ou de outros países no período de 1º de julho de 2018 a 25 de novembro de 2019. A inscrição se dará exclusivamente mediante publicação on line no sistema de inscrições do Site Oficial do Prêmio da Abrajet Pará – www.abrajet para.com.br e/ou www.encomtur2019.com.br. Na ficha de inscrição devem constar o título da matéria e com os referidos arquivos de tv com o material jornalístico, na medida do possível link da página da internet, onde foi publicado.

Critérios de avaliação:

  • A adequação ao tema: turismo no Pará
  • Qualidade editorial (texto, desenvolvimento, abordagem, imagens e edição);
  • Qualidade de imagem quanto à valorização da informação;
  • Excelência da mensagem passada quanto ao script, off e fala dos personagens;
  • Qualidade da trilha sonora se houver;
  • Criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos);
  • Serviços e pesquisas de interesse do público-alvo.

No material deve constar a identificação do autor, da emissora, a data em que a matéria foi ao ar e a sua duração em minutos. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, na publicação, o candidato deve apresentar, no ato da inscrição, Declaração de Autoria, formal e escrita pelo representante do veículo de comunicação, lhe creditando a autoria do trabalho.

VII.5 - FOTOJORNALISMO: fotos em reportagens impressas ou on line sobre turismo.

Poderão concorrer nesta categoria fotos veiculadas em revistas, jornais, sites, blogs e portais brasileiros ou de outros países, no período de 1º julho de 2018 a 25 de novembro de 2019. A inscrição se dará exclusivamente mediante publicação on line no sistema de inscrições do Site Oficial do Prêmio da Abrajet Pará – www.abrajet para.com.br e/ou www.encomtur2019.com.br. Na ficha de inscrição devem constar o título da matéria com os referidos arquivos de imagens com o material jornalístico, na medida do possível link da página da internet, onde foi publicado.

Critérios de avaliação:

  • A adequação ao tema: turismo no Pará
  • Qualidade técnica e interpretativa da imagem;
  • Qualidade estética;
  • Qualidade de imagem quanto à valorização da informação;
  • Criatividade e inovação (introdução de novas ideias e conceitos).

No material deve constar a identificação do autor, do veículo de comunicação e a data em que a matéria foi publicada. Caso o veículo não conceda o crédito ao referido profissional, na publicação, o candidato deve apresentar, no ato da inscrição, Declaração de Autoria, formal e escrita pelo representante do veículo de comunicação, lhe creditando a autoria do trabalho.

OBSERVAÇÃO: Cada participante só poderá inscrever até três trabalhos nas categorias supracitadas, que integram exclusivamente a modalidade CATEGORIA PROFISSIONAL, destinada para jornalistas e/ou repórteres fotográficos e cinematográficos.

 

VII.6 - MIDIAS SOCIAIS

Esta categoria é voltada para internautas amantes da fotografia e do turismo, que de forma amadora fazem trabalhos de divulgação de atrativos e produtos turísticos do Pará em suas mídias sociais.

Profissionais liberais (exceto jornalistas e repórteres fotográficos), estudantes, docentes, gestores públicos e outros profissionais podem fazer as referidas publicações visando concorrer à premiação, que lancem um olhar sobre diversos temas relacionados ao turismo do Pará, como cultura, natureza, sol e praia, eventos, negócios, agroindústria, destacando, entre outros produtos, a gastronomia, patrimônio histórico e arquitetônico, manifestações culturais, artesanato, e turismo rural.

Poderão concorrer nesta CATEGORIA AMADORA: fotos digitais publicadas exclusivamente no Instagram, Facebook e Twitter.

O objetivo da Abrajet Pará é selecionar as três melhores postagens marcadas com a hashtag #premiodejornalismoemturismo no período de 10 de julho de 2019 a 25 de novembro de 2019. A inscrição se dará exclusivamente mediante publicação on line no sistema de inscrições do Site Oficial do Prêmio da Abrajet Pará – www.abrajet para.com.br e/ou www.encomtur2019.com.br.

Na ficha de inscrição devem constar o título da matéria com os referidos arquivos de imagens com o material do post, obrigatoriamente com o link da postagem na internet, onde foi publicado.

O Corpo de Jurados vai selecionar as dez (10) principais fotos resultantes de postagens conforme o seguinte critério:

Critério de Avaliação:

  • A qualidade da imagem;
  • A estética apresentada;
  • A adequação ao tema: turismo no Pará

Cada participante pode inscrever até três postagens.

 

 

VII.6.1 - VOTAÇÃO POPULAR:

Esta categoria será avaliada mediante pré-seleção dos 10 melhores trabalhos pelo Corpo de Jurados do Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis, ficando estes submetidos, após pré-seleção, ao júri popular pelos usuários/visitantes do Site Oficial do V Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis”. O papel do júri popular será indicar os três (03) melhores trabalhos postados e inscritos entre os 10 finalistas.

VIII – CESSÃO DE DIREITOS:

Os trabalhos inscritos (independente de classificação) poderão ser utilizados (sem qualquer tipo de pagamento financeiro a seus autores) para fins de divulgações institucionais e jornalísticas, em ambiente virtual ou impresso, podendo ilustrar postagens e publicações nas páginas e veículos da REALIZADORA, PATROCINADORES e PARCEIROS desta edição do V Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis”, pelo período de um ano (24 meses) a contar da data da premiação.

A Abrajet reserva-se ao direito de publicar a qualquer tempo através de anais ou outro tipo de publicação a totalidade dos trabalhos submetidos, selecionados/aprovados nesta premiação. A Abrajet reserva-se, ainda, ao direito de reproduzir, divulgar através de seus meios comunicação impressos, televisivos ou digitais, os trabalhos premiados e/ou inscritos.

As fotos inscritas NÃO serão utilizadas para fins publicitários, não podendo ser veiculadas em anúncios, cartazes, folders, banners impressos, exceto quando se tratar de materiais de divulgação do próprio Prêmio de Jornalismo em Turismo, como publicações, reportagens, exposições, livros, revistas e outros formatos exclusivamente institucionais.

IX - COMENDA MARQUES DOS REIS

Poderão concorrer a esta categoria empresas e/ou profissionais de turismo devidamente cadastrados em suas entidades representativas de classe, como segue:

  • Agência de Viagens Destaque

Agências de receptivos e emissivos devidamente inscritas na ABAV.

  • Companhia Aérea Destaque

Companhias aéreas devidamente associadas na ABETA

  • Curso de Turismo Destaque

Cursos de Turismo devidamente reconhecidos pelo MEC

  • Espaço Turístico Destaque

Espaços turísticos administrados pela gestão municipal, estadual ou federal e ainda pela iniciativa privada organizada em convênio ou concessão com representações governamentais.

  • Evento Turístico Destaque

Evento devidamente reconhecido pela ABEOC

  • Hotel ou Pousada Destaque

Devidamente inscritos na ABIH

  • Guia de Turismo Destaque

Devidamente inscritos no SINGTUR

  • Restaurante Destaque

Devidamente inscritos no Sindicato de Bares e Restaurantes e /ou na ABRASEL

  • Transporte Turístico Fluvial Destaque

Devidamente legalizado junto à ARCON e Capitania dos Portos

  • Transporte Turístico Terrestre Destaque

Devidamente cadastrado pela Arcon e reconhecido pelo órgão gestor dos transportes públicos no Estado de atuação.

 

IX.1 - VOTAÇÃO POPULAR: Esta categoria será avaliada mediante lista fornecida à ABRAJET PARÁ pelas entidades representativas de cada segmento, sendo a referida lista submetida à júri popular no site oficial da Abrajet Pará – www.abrajet para.com.br, que indicará o destaque do ano em cada segmento.

X – PAGAMENTO

O pagamento do Prêmio se dará entre 30 e 90 dias após a cerimônia de premiação, respeitados os prazos legais de repasse de recursos pelo Patrocinador, averiguações documentais dos selecionados pela Comissão Julgadora e demais providências pertinentes.

X.1 - Fica eleito o foro de Belém-PA, para dirimir quaisquer pendências legais acerca do referido Prêmio, independentemente de qualquer outro por mais privilegiado que seja.

Belém-PA, 31 de junho de 2019.

Comissão Organizadora

Em Breve

Por dia

Em breve

Por tema

Em breve

Programação Geral

Em breve

Inscrições em grupo

GRUPOS DE NO MÍNIMO 10 PESSOAS
05 % DE DESCONTO
GRUPOS DE NO MÍNIMO 15 PESSOAS
10 % DE DESCONTO
GRUPOS DE NO MÍNIMO 20 PESSOAS
15 % DE DESCONTO

Todos os participantes devem estar devidamente cadastrados no site do evento e a relação com o nome e categoria dos inscritos deve ser enviada junto com o comprovante de pagamento para o e-mail: atendimento@pautaeventos.com.br 

*Obs 01: O pagamento para inscrições em grupo deverá ser realizado somente através de depósito bancário no valor total das inscrições.

*Obs 02: Após o pagamento não poderão ser incluídos novos participantes ao grupo já fechado. Neste caso um novo grupo deve ser constituído. 

Inscrições por empenho

  • As inscrições por empenho terão como base o valor constante na coluna “Local do Evento” da tabela, de acordo com a categoria do profissional ou estudante.

  • A nota de empenho deve ser encaminhada para o e-mail atendimento@pautaeventos.com.br, até o dia 14 de novembro de 2019, ou apresentada na secretaria do local do evento no ato do credenciamento.
Dados para emissão de Nota de Empenho
  • Razão Social: Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Estado do Pará – ABRAJET/PA
  • CNPJ: 08.348.642/0001-98
  • Endereço: Rua Rômulo Maiorana, 700 – Marco
    Edifício Vittá Office, sala 1905
    Cep: 66093-110
  • Dados Bancários para depósito:
    Banco do Brasil 
    Agência: 1686-1
    Conta Corrente: 26028-2
Informações que devem constar na Nota de Empenho:
  • Nome do responsável do setor que efetuará o pagamento do empenho com telefone fixo, celular e e-mail para contato;

  • Dados completos da instituição responsável para emissão de nota fiscal;

  • Nome completo do(s) inscrito(s);

  • Valor total da nota de empenho correspondente ao somatório das inscrições individuais de cada participante.
ATENÇÃO:
  1. Após o pagamento da Nota de Empenho, a entidade pagadora deverá enviar o comprovante do pagamento por e-mail (atendimento@pautaeventos.com.br) para que seja efetuada a baixa do débito.
  2. Não havendo Nota de Empenho ou ausência do nome em documento previamente enviado até a data estipulada o inscrito deverá fazer o respectivo pagamento no ato de sua inscrição na secretaria local, de acordo com sua categoria.
  3. Sendo comprovada a duplicidade de pagamento de inscrição, a devolução será efetuada de forma integral através de depósito bancário até 60 (sessenta) dias após o término do evento.
  4. Não serão consideradas Notas de Empenho que não seguirem as normas acima
Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Planta de exposição

Em breve

encomtur-fique-ligado